sexta-feira, 26 de novembro de 2010

"...you fooled me again, you fooled me again, with your honest, honest, honest eyes. Again, fooled me again with your dirty mouth full of honest lies..." 

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

O que significa amar verdadeiramente uma pessoa?

    Houve um tempo em que eu achava saber a resposta: significa que eu iria pensar em Savannah mais do que em mim mesmo, e passaríamos o resto de nossas vidas juntos. Não seria difícil. Ela me disse certa vez que a chave para a felicidade é ter sonhos realizáveis, e os dela não eram nada fora do comum. Casamento, família... o básico. Isso significa que eu teria um emprego estável, uma casa com cerca branca e uma minivan ou SUV grande o suficiente para levar nossos filhos à escola, ao dentista, ao treino de futebol ou aos recitais de piano. Dois ou três filhos – ela nunca foi clara a respeito, mas meu palpite é que quando chegasse a hora, ela deixaria a natureza seguir seu curso e Deus tomar a decisão. Ela era assim – religiosa, quero dizer – e suponho que esse tenha sido um dos motivos pelos quais me apaixonei por ela. Independentemente do que acontecesse em nossas vidas, eu me imaginava ao fim do dia deitado na cama ao lado dela, nós dois abraçados enquanto conversávamos e ríamos, perdidos nos braços um do outro. Não parece tão absurdo, certo? Quando duas pessoas se amam? Foi também o que pensei. E, enquanto uma parte de mim ainda quer acreditar que isso seja possível, sei que não vai acontecer. Quando eu for embora de novo, nunca mais vou voltar. (...)  Parte de mim dói ao pensar que ela está tão perto e eu não posso tocá-la, mas nossas histórias seguiram caminhos diferentes. Não foi fácil aceitar essa verdade simples, pois houve um tempo em que nossas histórias eram uma só, mas isso aconteceu seis anos e duas vidas atrás. Nós dois temos lembranças, é claro, mas aprendi que as memórias podem ter uma presença física, quase viva, e nisso Savannah e eu também somos diferentes. Enquanto as lembranças dela são estrelas no céu noturno, as minhas compõem o assombrado espaço vazio entre elas. E, ao contrário dela, sinto o peso de perguntas que já me fiz mil vezes desde nosso último encontro. Por que fiz aquilo? Faria tudo de novo? (...)  Mas eu a conheci; e é isso que torna minha vida atual tão estranha. Eu me apaixonei por ela enquanto estávamos juntos, e me apaixonei ainda mais nos anos em que ficamos separados. Nossa história tem três partes: um começo, um meio e um fim. Embora seja assim que todas as histórias se desenrolam, ainda não consigo acreditar que a nossa não durará para sempre. Reflito sobre essas coisas, e como sempre, nosso tempo juntos retorna à minha mente. Relembro como tudo começou, pois agora essas memórias são tudo o que me resta.

     (Um livro apaixonante,
        Querido John.)


terça-feira, 21 de setembro de 2010

Eu não sei se vale a pena, aceitar esse teu jeito. Todo mundo tem defeitos, por favor, não to querendo te julgar. Somos muito diferentes, e por mais que a gente tente, a cabeça dá um nó e vai ficar pior se a gente não parar.. Vai doer, mas não tem jeito fácil de terminar. Vou sofrer, mas te amo e não quero te machucar. Não fique assim, eu também to tentando ser forte e não chorar. Olha pra mim, vai ficar tudo bem quando a dor passar.. Vai ser sempre o primeiro namorado, sse amor não vai sair de mim por nada. E nem pense em se afastar de mim, vai ser muito ruim se eu não puder te ver. É normal que a gente tenha se enganado, nossa história aconteceu no tempo errado.. Eu não sou boa em me despedir, mas é melhor eu ir pra não me arrepender, tente entender... ♪

Na verdade, eu não estava sentindo falta de me sentir como eu me sinto agora, mais uma vez assim, como se não houvesse mais chão, sei lá. É tão difícil de acostumar, parece que tudo que já se fazia presente na memória aumenta mais. Nunca fui muito boa sobre falar de sentimentos, mas se for amor, dói muito. O tempo não apagará, mas tirará do centro de minhas atenções todas as lembranças. Ver o lugar que sempre esperava por mais uma flor amarela chegar, e agora só deixa as antigas morrerem. As datas e fotos, lembranças e sonhos, tíquetes de cinema ou de viagem, tudo sempre guardado na caixa que deixei reservada para o nosso amor.  Será mesmo que os planejamentos de um futuro melhor caberão naquela caixinha tão pequena? Será mesmo que tudo já teve um fim? Pensar assim me conforta. Ou não.  Quero ver minha felicidade e a sua, seja onde for, com quem for, juntos ou não, seremos felizes. E o pra sempre se eterniza apenas dentro de mim, agora.
Vanessa Rafaella ;~

sábado, 18 de setembro de 2010

Então, dedico a ti esta canção, tentando em notas dizer que eu te amo tanto!  Tentando gritar ao mundo: Lindo, sem você, confesso, eu não vivo! Sem você minha vida é um castigo. Sem você prefiro a solidão, a sete palmos do chão ♪ (L)

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Não precisamos correr para algum lugar, apenas dar cada passo com plena consciência. Quando somos maiores que aquilo que fazemos, nada pode nos desequilibrar. Amo a minha loucura que me vacina contra a estupidez. Amo o amor que me imuniza contra a infelicidade que prolifera, infectando almas e atrofiando corações. As pessoas estão tão reprimidas, que a ternura espontânea as incomoda, e o amor lhes inspira desconfiança. Saboreio cada momento. Antigamente me preocupava quando os outros falavam mal de mim. Então fazia o que os outros queriam, e a minha consciência me censurava. Entretanto, apesar do meu esforço para ser bem educado, alguém sempre me difamava. Como agradeço a essas pessoas, que me ensinaram que a vida é apenas um cenário! Perdoem-me, se a minha felicidade é insuportável, mas não escolhi o bom senso comum. Independente do que me disserem, respondo sempre com um sorriso. Porque ser inconveniente é comum, mas ser superior, é uma raridade.
“Ele é um super-homem quando a gente precisa e uma criancinha fofa quando a gente também precisa. Meu Deus, agora faço o maior dos esforços do ano: por que cacete deixei de gostar desse cara? Chocolatinhos, vinho, som ambiente, escurinhos. Ele pára o mundo todo, se ajoelha no sofá deixando as mãos no meu colo: “Você não sabe a saudade que eu senti todo esse tempo.” Seus olhos se enchem de lágrima, a música se torna instrumental matando qualquer outra palavra, a cidade não respira, o tempo não existe, a solidão é coisa de gente que mora muito longe dali, minha mente aquieta todos os monstros, as mulheres lindas nas capas das revistas são empilhadas descartavelmente e viram nada, a poluição vira oxigênio puro e cor-de-rosa. O outro homem, que é dono sem merecer do meu corpo, magoado explode no ar deixando apenas estrelas para iluminar meu recomeço, as dúvidas todas do que fazer pelos próximos mil anos se simplificam porque eu só desejo viver aquele momento, sim, sim, sim, eu quero zerar tudo de antes e de depois e amar esse homem agora, como antes, como nunca. Por que não?”

 Tati Bernardi

"Você sabe que é amado porque lhe disseram isso, as três palavrinhas mágicas. Mas saber-se amado é uma coisa, sentir-se amado é outra, uma diferença de milhas, um espaço enorme para a angústia instalar-se. A demonstração de amor requer mais do que beijos, sexo e verbalização, apesar de não sonharmos com outra coisa: se o cara beija, transa e diz que me ama, tenha a santa paciência, vou querer que ele faça pacto de sangue também? Pactos. Acho que é isso. Não de sangue nem de nada que se possa ver e tocar. É um pacto silencioso que tem a força de manter as coisas enraizadas, um pacto de eternidade, mesmo que o destino um dia venha a dividir o caminho dos dois. Sentir-se amado é sentir que a pessoa tem interesse real na sua vida, que zela pela sua felicidade, que se preocupa quando as coisas não estão dando certo, que sugere caminhos para melhorar, que coloca-se a postos para ouvir suas dúvidas e que dá uma sacudida em você, caso você esteja delirando. "Não seja tão severa consigo mesma, relaxe um pouco. Vou te trazer um cálice de vinho".  Sentir-se amado é ver que ela lembra de coisas que você contou há dois anos atrás, é vê-la tentar reconciliar você com seu pai, é ver como ela fica triste quando você está triste e como sorri com delicadeza quando diz que você está fazendo uma tempestade em copo d´água. "Lembra que quando eu passei por isso você disse que eu estava dramatizando? Então, chegou sua vez de simplificar as coisas. Vem aqui, tira este sapato." Sentem-se amados aqueles que perdoam um ao outro e que não transformam a mágoa em munição na hora da discussão. Sente-se amado aquele que se sente aceito, que se sente bem-vindo, que se sente inteiro. Sente-se amado aquele que tem sua solidão respeitada, aquele que sabe que não existe assunto proibido, que tudo pode ser dito e compreendido. Sente-se amado quem se sente seguro para ser exatamente como é, sem inventar um personagem para a relação, pois personagem nenhum se sustenta muito tempo. Sente-se amado quem não ofega, mas suspira; quem não levanta a voz, mas fala; quem não concorda, mas escuta.

Um eu te amo só simplifica tudo que existe atrás de uma grande relação."

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Estamos com fome de amor...


Uma vez Renato Russo disse com uma sabedoria ímpar: "Digam o que disserem, o mal do século é a solidão". Pretensiosamente digo que assino embaixo, sem dúvida alguma. Parem pra notar, os sinais estão batendo em nossa cara todos os dias. O que temos visto por ai? Baladas recheadas de garotas lindas, com roupas cada vez mais micros e transparentes. Com suas danças e poses em closes ginecológicas, cada vez mais siliconadas, corpos esculpidos por cirurgias plásticas, como se fossem ao supermercado e pedissem o corte como se quer, mas... Chegam sozinhas e saem sozinhas... Empresários, advogados, engenheiros, analistas, e outros mais que estudaram, estudaram, trabalharam, alcançaram sucesso profissional e... Sozinhos! Tem mulher contratando homem para dançar com elas em bailes, os novíssimos "personal dancer", incrível. E não é só sexo não! Se fosse, era resolvido fácil, alguém dúvida? Sexo se encontra nos classificados, nas esquinas, em qualquer lugar, mas apenas sexo! Estamos é com carência de passear de mãos dadas, dar e receber carinho sem, necessariamente, ter que depois mostrar performances dignas de um atleta olímpico na cama... Sexo de academia. Fazer um jantar pra quem você gosta e depois saber que vão "apenas" dormir abraçadinhos,  sem se preocuparem com as posições cabalísticas... Sabe essas coisas simples, que perdemos nessa marcha de uma evolução cega? Pode fazer tudo, desde que não interrompa a carreira, a produção... Tornamo-nos máquinas, e agora estamos desesperados por não saber como voltar a "sentir", só isso, algo tão simples que a cada dia fica tão distante de nós. Quem duvida do que estou dizendo, dá uma olhada nos sites de relacionamentos "ORKUT", "PAR-PERFEITO" e tantos outros, veja o número de comunidades como: "Quero um amor pra vida toda!", "Eu sou pra casar!" até a desesperançada "Nasci pra viver sozinho!" Unindo milhares, ou melhor, milhões de solitários, em meio a uma multidão de rostos cada vez mais estranhos, plásticos, quase etéreos e inacessíveis. Se olharmos as fotos de antigamente, pode ter certeza de que não são as mesmas pessoas, mulheres lindas se plastificando, se mutilando em nome da tal "beleza" ... Vivemos cada vez mais tempo, retardamos o envelhecimento, e percebemos a cada dia mulheres e homens com cara de bonecas, sem rugas, sorriso preso e cada vez mais sozinhos. Sei que estou parecendo o solteirão infeliz, mas pelo contrário, pra chegar a escrever essas bobagens (mais que verdadeiras) é preciso ter a coragem de encarar os fantasmas de frente e aceitar essa verdade de cara limpa. Todo mundo quer ter alguém ao seu lado, mas hoje em dia isso é julgado como feio, démodé, brega, famílias preconceituosas...
Alô gente!!! Felicidade, amor, todas essas emoções fazem-nos parecer ridículos, abobalhados... Mas e daí? Seja ridículo, mas seja feliz e não seja frustrado... "Pague mico", saia gritando e falando o que sente, demonstre amor! Você vai descobrir mais cedo ou mais tarde que o tempo pra ser feliz é curto, e cada instante que vai embora não volta mais.
Perceba aquela pessoa que passou hoje por você na rua, talvez nunca mais volte a vê-la, ou talvez a pessoa que nada tem a ver com o que imaginou, mas que pode ser a mulher da sua vida. E, quem sabe ali estivesse a oportunidade de um sorriso a dois?! Quem disse que ser adulto é ser ranzinza? Um ditado tibetano diz: "Se um problema é grande demais, não pense nele. E, se ele é pequeno demais, pra quê pensar nele?" Dá pra ser um homem de negócios e tomar iogurte com o dedo, assistir desenho animado, rir de bobagens e ou ser um profissional de sucesso, que adora rir de si mesmo por ser estabanado! O que, realmente, não dá é para continuarmos achando que viver é out... ou in... Que o vento não pode desmanchar o nosso cabelo, que temos que querer a nossa mulher 24 horas  maquiada, e que ela tenha que ter o corpo das frutas tão em moda na TV, e também na playboy e nos banheiros, eu duvido que nós homens queiramos uma mulher assim para viver ao nosso lado, para ser a mãe dos nossos filhos, gostamos sim de olhar, e imaginar a gostosa, mas é só isso, as mulheres inteligentes entendem e compreendem isso. Queira do seu lado a mulher inteligente: "Vamos ter bons e maus momentos e uma hora ou outra, um dos dois, ou quem sabe os dois, vão querer pular fora, mas se eu não pedir que fique comigo, tenho certeza de que vou me arrepender pelo resto da vida" .. Por que ter medo de dizer isso, por que ter medo de dizer: "amo você", "fica comigo"? Então não se importe com a opinião dos outros, seja feliz!


Antes ser idiota para as pessoas que infeliz para si mesmo!
                                  (JORNAL O DIA! Arnaldo Jabor)

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Eu sei que eu ainda vou precisar por um bom tempo das suas palavras e das tuas atitudes de amor. Eu acho, ou melhor, eu tenho certeza que são elas que estão me ajudando a afastar esses fantasmas que estão atormentando minhas noites todos os dias. Preciso de você porque sei que com você ao meu lado não há dor em meus pensamentos. Eu necessito desse amor que me falta, que falta tanto que se torna insuportável. Preciso pelo simples fato de tudo ainda me agoniar, me fazer lembrar, e claro, me fazer sofrer. E é nesse momento que eu não desejo as lembranças, elas estão repletas de lagrimas e faz tempo que eu já não sei o que é uma noite tranquila. Não queria dormir, nem sonhar, nem lembrar e muito menos queria que esses pesadelos voltassem mais um vez. O tempo faz com que tudo seja esquecido com o seu passar, porém ele tortura bastante até que a ferida que não para de machucar possa ser fechada totalmente.
v.rafaella ;~

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Como eu queria poder ter a certeza de que todas as suas palavras são verdadeiras. De que toda essa sua certeza de um futuro melhor será realmente realidade. Queria acreditar que se um dia existisse a volta do nosso amor, que dessa vez fosse realmente para sempre. Não do modo que sempre foi, não o pra sempre de antes, eu sonho com um pra sempre de verdade. Que não fosse igual - se do jeito que era teve um fim tão trágico, repetir a maneira do amor seria um erro – que fosse diferente, com mais amor, mais ternura, mais carinho, mais atenção, com mais momentos que pudessem ser contados para os nossos netos. Inesquecível, esse era o tipo de amor que eu desejava para nós dois. Desejava, ou desejo, sei lá. Um amor de modo único, que não existisse outro igual no mundo, um amor de provocar a inveja alheia mas que fosse forte o bastante para suportar tudo o que existe de ruim, que fosse completo, como eu e você quando estamos juntos. Eu queria ter a certeza de que você nunca mais vai me machucar e que será fiel até o dia da minha morte. Mas é tão difícil crer nas coisas que você me diz. É tão difícil ver felicidade. Tá tão difícil. Viver é mais difícil do que eu achava que fosse.

Eu precisava desabafar, pront ;~

quinta-feira, 22 de julho de 2010






... perceber que nem sempre as coisas acontecem da nossa maneira, perceber que às vezes não dá pra fugir, esquecer e nem sumir... ;~~
Tudo isso dói. Mas eu sei que passa, que se está sendo assim é porque deve ser assim, e virá outro ciclo, depois. Para me dar força, escrevi no espelho do meu banheiro: "tá certo que o sonho acabou, mas também não precisa virar pesadelo, não é?" É o que estou tentando vivenciar. Certo, muitas ilusões dançaram - mas eu me recuso a descrer absolutamente de tudo, eu faço força para manter algumas esperanças acesas, como velas.  Também não quero dramatizar e fazer dos problemas reais monstros insolúveis, becos-sem-saída. Nada é muito terrível. Só viver, não é? A barra mesmo é ter que estar vivo e ter que desdobrar, batalhar um jeito qualquer de ficar numa boa. O meu tem sido olhar pra dentro, devagar, ter muito cuidado com cada palavra, com cada movimento, com cada coisa que me ligue ao de fora. Até que os dois ritmos naturalmente se encaixem outra vez e passem a fluir.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Ontem chorei.
Por tudo que fomos.
Por tudo o que não conseguimos ser.
Por tudo que se perdeu. Por termos nos perdido.
Pelo que queríamos que fosse e não foi.
Pela renúncia. Por valores não dados.
Por erros cometidos. Acertos não comemorados.
Palavras dissipadas. Versos brancos.
Chorei pela guerra cotidiana.
Pelas tentativas de sobrevivência.
Pelos apelos de paz não atendidos. Pelo amor derramado.
Pelo amor ofendido e aprisionado. Pelo amor perdido.
Pelo respeito empoeirado em cima da estante.
Pelo carinho esquecido junto das cartas envelhecidas no guarda- roupa.
Pelos sonhos desafinados, estremecidos e adiados.
Pela culpa. Toda a culpa. Minha. Sua. Nossa culpa.
Por tudo que foi e voou. E não volta mais, pois que hoje é já outro dia.
Chorei.
Apronto agora os meus pés na estrada.
Ponho-me a caminhar sob sol e vento
 x;

terça-feira, 20 de julho de 2010

Triste é não chorar. Sim, eu também chorei.. E não, não há nenhum remédio pra curar essa dor que ainda não passou mas vai passar! A dor que nos machucou. E não, não há nenhum relógio pra fazer voltar... O tempo voa! Eu não suporto ver você sofrer (...) E o que marcou, ficou. Se diferente eu fosse será que eu teria sido amado por você?
Me pediste para ser sincera. Pediste que houvesse sempre compreensão entre nós. Pediste que não agisse de cabeça quente, que não tirasse conclusões sobre ti precipitadamente. Sabes o que fiz? Abri o meu coração. Te mostrei o meu mundo. Fui sincera, pois fui para ti algo que, ás vezes, nem sequer me atrevo a ser para mim. Te levei pelos caminhos encantados dos meus sonhos e te mostrei tudo aquilo que cabia no meu ser. Te apresentei os meus medos, as minhas fragilidades e até os meus fantasmas. Esperando sempre que, tal como eu, tu, com a tua tão grande compreensão (dizias tu) afugentasses tudo o que havia de errado e me tornasses uma pessoa melhor. Melhor... Para ti. Te mostrei o que sou, o que sonho, o que temo, o que vivo, o que penso. Te mostrei o que de mais frágil e puro existe em mim... Te abri a caixinha onde guardo a essência do meu ser e deixa assim. Aberta. Esperando que com as tuas mãos delicadas a conhecesses, a sentisses, a guardasses para ti. Quis acreditar no que via no teu olhar e no que o meu coração palpitava quando você me abraçava com força e fazia eu me sentir tão segura. Sim, eu fui sincera. Mas sei que também te compreendi. Ouvi as tuas histórias atenta aos teus movimentos, aos teus gestos, acabei as tuas frases quando não encontravas a palavra certa... Advinhei e antevi tudo o que você sentia. Tudo o que não dizia, mas querias dizer. Sei que também te compreendi porque os teus olhos passaram a ser bem mais sinceros que qualquer palavra tua que soasse no ar. Precipitada? Fechei os punhos com toda a minha força. Engoli à seco. E quantas noites! E quantas manhãs! Quantas tardes! Quantos momentos! Me odiei... Por ti. Por ti quis mudar e me senti fraca mesmo com toda a força de vontade, mesmo com toda a certeza do meu erro, mesmo com todo o meu amor por ti. Lutei e por você, pelos erros que me jogas-te na cara, dizendo: “Desculpas” para quê?, me fazendo acreditar que iria conseguir mudar... E eu me vendo cair... Ás vezes não conseguimos ir contra aquilo que somos. Eu me odeio. E tu sabes. E mesmo assim você fingi não ver. Se posso também pedir, talvez porque dei, então, peço-te que me faças sentir sempre segura. E que entre nós não hajam segredos ou meias-verdades, apenas uma sinceridade extrema.

domingo, 18 de julho de 2010

dor.

Por que será que os pensamentos e recordações sempre procuram nos atormentar principalmente durante a noite? Por que as lembranças e consequentemente as lágrimas vêem de modo tão difícil de se evitar? E a noite ontem não foi fácil. Na tentativa de evitar os remédios, que se tornaram necessários nessa semana, a insônia foi uma ótima inimiga. Por que é que tem que ser assim? Por que comigo? Será mesmo que sou digna de tanta dor de uma só vez? E por que é que essa dor ta demorando tanto pra ir embora? Além da dor sei que outra coisa não para de crescer dentro de mim: as dúvidas. Ou certezas que não são fáceis de se aceitar. Eu me vejo em um circulo de fogo, que está se fechando e a cada segundo mais, onde as verdades costumam aparecer e maltratar sem dó e nem piedade. E no fim eu percebo que cedo ou tarde ela SEMPRE aparece. Tarda mas nunca falha. E naquela hora, que agora eu já não sei bem qual era, sei apenas que pareciam dias que eu estava só e todos só faziam silêncio, dormir e não sonhar era todo o meu desejo.
 Essa semana está sendo péssima. :~
(eu)

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Qualquer dor é horrível: corte seu dedo com uma lâmina de barbear, leve um choque de 220V com os pés molhados, prenda um dedo na porta do carro, ou até leve um chute no saco. Digo com toda razão, que todas as dores acima são intensas, mas não se comparam com a dor que sentimos quando alguém é infiel. Seja a traição nos negócios, no relacionamento... Mas, a dor da traição é a pior! Pior porque parece que arranca alguma parte do seu corpo. Pior porque você se sente completamente vulnerável. Se vê competamente nú perante público de sua apresentação. Ser traído é tão intenso, que nos faz perder o norte. Perdemos todos os referenciais, tudo perde o sentido, a coisa chega a tal ponto, que quase chegamos a desmaiar. Ainda dentro do contexto da infidelidade, ela é mais intensa ainda quando sabemos que ela foi premeditada... Foi avaliada, calculada, pesada e então a faca foi cuidosamente enterrada entre suas vertebras de forma a matar e não nos deixar gritar. Fico me perguntando o porque as pessoas traem... Porque Amigos, Amantes e Sócios traem? Como que um ser humano pode planejar a traição de alguém que lhe quer bem? Alguém que está ao seu lado? Alguém com que se viveu e quem sabe, poderá viver bons momentos? Sem sentido? Não existe? Só se vê em novelas ou filmes? O que é permitido ao traído nesta ocasião? Matar o traidor? Pagar com a mesma moeda? Planejar uma vingança maligna? Reclamar? Escrever no seu Blog? Dar um tiro na cabeça? Penso que nada, o universo baseia na ação e reação, não faça com os outros o que não querem que faça para você. O legal é que os traidores na sua maioria se escondem, claro que até tem alguns que tem a cara de pau de ficar ainda excitando, chamando literalmente para a porrada. Me lembro do filme a Ira de Khan, quando o Khan declara que "A vingança é um prato que deve ser comido frio". Será que é assim? Será que deve ser assim? Será que a vingança resolve? Será que conseguiremos infligir a mesma dor? A mesma humilhação? Nunca! Uma coisa eu sei, é que nunca conseguiremos a paz que tanto queremos, a paz que tanto merecemos. Mas quando a dor é tão intensa, tanto que as vezes desejamos que o carrasco nos corte logo nossa cabeça, para que acabe com o nosso sofrimento, o cara não tem dó, ele prefere nos deixar agonizantes no chão. Ficamos clamando pela nossa morte, mas ele nos da a oportunidade de aprender com mais essa experiência? Fácil... Pimenta no olho do outro é refresco! Tudo é fácil, tudo é simples, precisamos só acreditar em Deus, tudo teremos, e o que é realmente nosso, assim será.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

"Eu sei que você pensa coisas do tipo: "como ela me sufoca", "como ela me prende", "como ela é ciumenta", "como ela é chata", "como ela consegue brigar tanto?", "eu quero sair hoje", "eu não quero ir lá", "eu não quero fazer isso que ela quer". Eu sei que você pensa muita coisa sobre ela, das melhores ate as piores, eu também sei que você pensa coisas assim: "que linda que ela ta", "que cheirinho bom", "que carinho gostoso", "que saudade ruim", "que bom estar com ela", "que abraço bom", "eu a amo". Eu sei que apesar dela não te impedir de sair ou você não deixar que ela te impeça, você sente falta de sair, curtir sem dar satisfação, sente falta de ir pra night e poder ficar com várias, sente falta de dar uma pegada diferente, de sair por ai, de curtir com teus amigos sem preocupação, sente falta de bocas, gostos, sabores, corpos e assuntos diferentes. Eu sei de tudo isso, mas ela sabe? Provavelmente a sua menina deve pensar coisas desse tipo pelo fato de toda menina pensar assim, mas com certeza ela deve imaginar que tu a ama sem limites e que vocês realmente são eternos. Mas eu sei que apesar das coisas que você deseja na ausência dela, você também pensa em estar com ela toda hora, sente uma falta doida dela, gosta dos abraços, beijos, carinhos, do jeitinho de rir, de falar besteira, o jeito de pedir desculpa, das brincadeiras de vocês, de conversar e poder saber que você pode contar com ela, sim você realmente a ama do fundo do coração e ela é a menina mais linda do mundo. Como você pode pensar tanta coisa assim de uma só menina? Da sua menina. Eu sei o que você pensa e sei também o que ela pensa, para não fazer você perder seu tempo com palavras românticas e cansativas que ela deve lhe falar normalmente e escrever também, você já não presta mais tanta atenção. Ela te ama muito, com uma intensidade sem limites, quer o teu melhor, quer o teu bem, ela também pensa algumas coisas ruins sobre você e tu também irrita ela, mas isso passa em segundos, esses pensamentos saem da mente dela como se nunca tivessem passado por lá. Com o tempo que vocês estão juntos, ela aprendeu a lidar contigo e vice e versa, com o tempo ela sabe o que te irrita, o que te faz bem e tu também sabe tudo sobre ela. Mas esses seus pensamentos não saem da tua cabeça tão facilmente, e a tua menina te irrita muitas vezes sem nem ao menos ter a intenção. Você sai com freqüência, as vezes você esquece dela, as vezes tu não lembra de alguma coisa que ela pediu, as vezes tu vai esquecendo, simplesmente esquecendo. E a tal menina? Ela chora, ela fica triste, ela acha que você simplesmente não a ama, mesmo que não seja isso que esteja acontecendo, você "apenas" esqueceu. Será que você realmente está esquecendo? Apenas esquecendo? Você já parou pra pensar nela como antes você pensava? Você já olhou bem pra ela e viu o brilho nos seus olhos? E como ela se esforça pra te deixar feliz? Deveria, realmente deveria, depois de tudo o que vocês viveram, você deveria. E a tua menina? Continua com os mesmo pensamentos, tristes e sem razão se sente lesada, e deixada de lado, e com o medo constante de te perder. Você realmente acha que essa menina, a tua menina, insisto em dizer, não é mais importante que uma curtição, que momentos com os amigos, melhor que qualquer night? Se acha ou não a menina já tirou suas próprias conclusões, e já se feriu o bastante. Você está preparado pra perdê-la? Se estiver... bum! Perdeu, e agora? E agora te prepara pra night, pra curtir outros corpos e outros gostos e voltar pra casa e se deparar sozinho sem ter alguém pra abraçar, sem ninguém pra ligar e contar seu dia, seus problemas, sem poder dizer: "TE AMO". E a menina? Ela cresceu, não é mais a sua menina, ela não te entendeu. Até que um dia você encontra a mulher que um dia foi a tua menina e ela esta mais linda do que nunca, e em sua cabeça os pensamentos que a tanto tempo quando estava com ela não existiam mais, esses pensamento voltam e as palavras "eu te amo", "volta pra mim" passam subitamente em sua cabeça. E a mulher? Bom, ela te da um beijo no rosto e vai embora. E agora eu ainda sei o o que você pensa, e ela, sabe?"




- É sério, confia em mim.
- Confiar em você?
- Sim, confiar, é o que fazem os amigos.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Os velhos olhos vermelhos voltaram, dessa vez com o mundo nas costas e a cidade nos pés. Pra que sofrer se nada é pra sempre? Pra que correr, se nunca me vejo de frente? Parei de pensar e comecei a sentir. Nada como um dia após dia, uma noite, um mês, os velhos olhos vermelhos voltaram de vez. Os velhos olhos vermelhos enganam, sem querer, parecem claros, frios, distantes. Não têm nada a perder. Por que se preocupar por tão pouco? Por que chorar, se amanhã tudo muda de novo? Parei de pensar e comecei a sentir. Nada como um dia após dia, uma noite, um mês, os velhos olhos vermelhos voltaram de vez.
Nada vai mudar o que sinto.
É tanta magoa, e você me fez sofrer por nada.
Nada faz sentido, fui tua verdade,
pq você mentiu assim? Por nada.
Nada vai mudar o que sinto.
Não sou de exagerar, mas com você não quero nada.
Foi conto de fadas, já passou dos limites.
E o meu sentimento pra você é nada!
Não quero a solidão em minha porta, batendo em meu peito, não tem outro jeito, cansei de te amar.
Adeus, eu me viro com a saudade.
Adeus, você foi minha metade.
Mas adeus, entreguei meu coração por nada.

a verdade é que não existe mais um alguém para saber todos os meus pensamentos de amor.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Quero que saiba que eu adoro estar aqui contigo e o meu principal desejo é ver você feliz. Fale o que bem quiser, como melhor lhe couber, que eu vou me virar pra garantir que eu sou capaz de te atender. Eu passo o tempo pensando em tudo que é melhor pra nós. Você faz graça do tempo, rindo do tom da minha voz. Quero que saiba que eu não penso em te perder, você é meu principal motivo de viver :*:
É inevitável não sorrir quando ele vem vindo.
Eu sinto meu corpo esquentar,
as borboletinhas no estômago se agitarem,
as pernas tremerem e uma vontade incontrolável
 de comer milhões de chocolates.
Ele mexe comigo de uma maneira que não consigo explicar.
Mas é bom. É muito bom.
E eu gosto disso. E gosto dele.
 Com todos seus jeitos que me fazem
parecer uma boba...
.
.
Deus te criou milimetricamente com aquilo que me falta, e colocou em mim as coisas que por ventura, tu não tem! É como um encaixe. Ele fez tudo com tanta perfeição, com tanto cuidado, que tá aí o resultado: Eu sou metade de mim sem você.

quinta-feira, 1 de julho de 2010




Eu sei e você sabe que a vida quis assim
Que nada nesse mundo levará você de mim.
Eu sei e você sabe que a distância não existe
Que todo grande amor só é bem grande se for triste.
Por isso, meu amor, não tenha medo de sofrer
Que todos os caminhos me encaminham pra você.
Assim como o oceano só é belo com luar,
Assim como a canção só tem razão se cantar,
Assim como uma nuvem só acontece se chover,
Assim como o poeta só é grande se sofrer,
Assim como viver sem ter amor não é viver...
Não há você sem mim. Eu não existo sem você. (L)
Queria ter lhe conhecido antes, muito antes... Para que nenhum de nós dois tivesse medos ou cicatrizes. Queria ter estado com você quando seu coração descobriu o que era amor, quando seu corpo descobriu o que era desejo. E antes que pudesse sofrer, eu estaria do seu lado, amando-lhe,  entregando-me e juntos poder ter aprendido as lições da vida e do coração. Queria ter te conhecido muitos antes... Quando suas esperanças começaram a nascer, quando seus sonhos ainda eram puros, e seus idéias ainda ingênuas. Pena termos nos encontrado só agora, já com o coração viciado em outros amores, com uma imagem meio falsa do que é a felicidade, do que é entregar-se... Queria ter lhe encontrado antes, muito antes...Numa nova vida, num outro tempo, em que não precisássemos temer o nosso futuro,  nem os nossos sentimentos.
Tudo que eu não quero é te ver assim, se eu não tivesse você, o que seria de mim? Tempos difíceis servem pra mostrar que você ainda pode ser mais forte. Eu sei que não é isso que vai acabar com a certeza que tudo poderia ser melhor... então, esquece o que ficou. Eu sempre tento ser forte por nós dois, sei que às vezes posso não corresponder. Eu sempre fui tão complicada, te deixo sem entender, mas cada falta que eu já marquei eu faço de tudo pra virar o jogo. Não me cobre muito, eu posso sufocar.. vamos viver o nosso amor que é lindo, vamos viver e só, te amo não duvide.


Se amar você é loucura demais, sou assim, louco por seu amor. Se amar você é viver de sonhar, sou assim, mais que um sonhador, ando por ai só pensando em você, pois sei que o nosso amor é maior que um céu de estrelas, maior que qualquer infinito, maior que o mar a se navegar. Se amar você é querer voar, o amor vem voar com nos dois, se amar você é pensar no amanhã, eu já vivo alguns dias depois, ando por ai pensando em você pois sei que o nosso amor é maior que um céu de estrelas, tão maior que qualquer infinito, maior que o mar a se navegar.. te amar é um sonho pra viver, sem nada pra dizer é só imaginar, o amor que você da pra mim é um grande amor sem fim, não dá pra comparar... <3

sexta-feira, 18 de junho de 2010



de todo o minimalismo,  
clichês e letras de músicas,
de toda a minha literatura,
  você é ainda é a minha melhor página.




Amar de verdade, sem ter medo de viver, sem ter medo do depois. Amar e se entregar, e aprender a dar valor somente a quem te ama.

0
"Que você me sentisse um pouco distante e tivesse pressa em me chamar outra vez para perto." 




0000
0
Não importa quão distante, eu sempre o amarei; Não importa o tempo que eu ficar, eu sempre o amarei. Quaisquer que sejam as palavras que eu disser, eu sempre o amarei.











     Nada mais importa.
Agora você me tem,
agora eu tenho você. (...)
 Nada mais importa.
   O resto? Ah, o resto
são os restos.
   E não importam.
Só eu sei que cheguei à humildade máxima que um ser humano pode atingir: confessar a outro ser humano que precisa dele para existir.



Eu posso não saber muito,
mas tudo que sei são verdades que
 você me mostrou ou
 me ensinou a ver.
 Sou tudo que sou porque
 você me ama.
 Você me mostrou tudo o
que eu tenho de bom.
Eu não tenho como agradecer tudo
o que você fez por mim;
pois hoje, meu mundo é um lugar
 melhor por sua causa!
Sou tudo que sou porque você me ama.. :*:
Quero nas promessas de teu olhar, ultrapassar as fronteiras de qualquer universo. Quero, além de seus carinhos, aprender cada lição de viver a favor de ser feliz. Quero, além de qualquer tradução, ler seu olhar e sentir seu coração. Quero, não apenas por um momento mas nos minutos acelerados da vida, estar com você. Quero na viagem mais longa levar comigo seu amor, pois lugar nenhum seria o melhor lugar pra mim ser feliz, se nele não estiver você. Quero que todos saibam meu segredo de felicidade. Meu segredo de ter você. Não existiria sorrisos se deles não fossem a sua homenagem. Não existiria lágrimas se não existisse o medo de te perder. Dizer eu te amo é pouco, pois meu mundo termina em você! Te amar é tudo que sei viver, é tudo que posso liberar de meu coração quando ao seu lado estou. Não estou a clamar, pois basta murmurar em seus ouvidos que você é a minha felicidade. Basta aceitar que você pra mim é tudo, que se possa entender de amar. Mesmo que eu esconde, é mesmo impossível. Pois todos sentem o meu amor por você! (L)



Sem você não tem graça, não tem gosto, não tem cheiro, não tem riso e não tem rima, não tem direção. O meu amor é dedicado pra você, o amor que fica é sempre infinito enquanto dura toda vida. Não me vejo sem você, não vá embora, tenho tanto pra te dar. Te quero tanto, e é com você que eu quero, viver, sonhar.. Prazer em te conhecer, nada como ter alguém que o coração bem escolheu, e acompanhar de perto, o amor entre você, e eu. Vibra, sente, dói só de pensar onde é que vai parar... O amor suplica paz no coração.
E nem preciso de bola de cristal, horóscopo no jornal, e a única numerologia que me interessa é a que diga que a soma de você e eu seja igual ao quadrado do amor que todo mundo quer ter. Só quero ouvir qualquer coisa que diga que você é meu, o resto eu dispenso, desligo o rádio quando dizem que o tempo não vai ser bom, questiono qualquer cientista, autoridade e quem mais for descrente no amor. Então, responde: pra que complicar? Amar pode ser tão simples quanto tomar café! Vamos pular logo a nossa história para a parte do "e foram felizes para sempre". A durabilidade do sempre depende somente da gente. E, olha, eu não insisto tanto porque tenho medo, insisto porque eu tenho coragem para te ter comigo. Eu sei que pode ser pra sempre, sempre que a gente se quiser. <3
Se tudo pode acontecer... se pode acontecer qualquer coisa. Um deserto florescer, uma nuvem cheia não chover.. Pode alguém aparecer e acontecer de ser você!  Um cometa vir ao chão, um relâmpago na escuridão.  E a gente caminhando de mãos dadas, de qualquer maneira, eu quero que esse momento dure a vida inteira... E além da vida ainda de manhã no outro dia, se for eu e você, se assim acontecer...
 Eu gosto do claro, quando é claro que você me ama. Eu gosto do escuro, no escuro com você na cama. Eu gosto do não, se você diz não viver sem mim. Eu gosto de tudo, tudo o que traz você aqui. Eu gosto do nada, nada que te leve para longe. Eu amo a demora, sempre que o nosso beijo é longo. Adoro a pressa, quando sinto sua pressa em vir me amar. Venero a saudade quando ela está pra terminar... Baby, com você já, já. Mande um buquê de rosas, rosa ou salmão. Versos e beijos e o seu nome no cartão. Me leve café na cama amanhã, eu finjo que eu não esperava. Gosto de fazer amor fora de hora, lugares proibidos, com você na estrada. Adoro surpresas sem datas. Chega mais cedo amor, eu finjo que eu não esperava. eu gosto da falta, quando falta mais juízo em nós e de telefone, se do outro lado é a sua voz. Adoro a pressa, quando sinto sua pressa em vir me amar. Venero a saudade quando ela está pra terminar... Baby, com você chegando já! :*:

Muitas vezes me entreguei, me iludi, me enganei. Nas pessoas erradas eu confiei, quebrei a cara, me machuquei. Então você apareceu e mudou, tudo se transformou, o que era só dor, o que triste me fazia, acabou e se tornou alegria. Não existe ninguém, em lugar algum, que possa me fazer feliz como você. (LLLLL)

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Por favor, não me analise.
Não fique procurando cada ponto fraco meu.
Se ninguém resiste a uma análise profunda,
quanto mais eu! Ciumenta, exigente,
insegura, carente, toda cheia de marcas
que a vida deixou. Veja em cada exigência
um grito de carência, um pedido de amor!

                                    (Mirthes Mathias)
Os anjos conspiraram e me trouxeram você pra acalmar a minha sina. Teus olhos tem o dom de explorar meus pensamentos como em cenas de um filme. No começo eu me dividi, duvidei, tentei fugir, achava o amor coisa de novela. Mas, quem diria, veio me encontrar, me fez sentir e descobrir que meu rio deságua em seu mar. Sei lá de onde vem esse amor, não há mais dúvidas, só sei que quando você chegou me trouxe a cura. Me fez de um sonho acordar e é sua culpa. Agora eu só penso em lhe dar mais e mais amor. Isso é tudo que eu preciso: da sua atenção. Nos teus braços, os abraços me fazem perder a direção. Mas não ligo, sigo a reta na esperança de encontrar o tom que reúna as melodias em uma mesma canção

terça-feira, 15 de junho de 2010

Como eu te amo

Vou contar as formas:
Eu te amo até a profundidade, largura e altura que minha alma pode alcançar, quando sentindo longe dos olhos pelo objetivo de existir e de graça divina. Eu te amo ao nível da necessidade mais silenciosa de cada dia, ao sol e a luz da vela. Eu te amo livremente como os homens lutam pelo direito. Eu te amo puramente como eles se afastam do elogio. Eu te amo como a paixão existente em minhas velhas mágoas e com a fé da minha infância. Eu te amo com amor que eu parecia ter perdido com meus entes perdidos. Eu te amo com a respiração, sorrisos, lágrimas de toda minha vida. E se Deus quiser, eu te amarei melhor após minha morte.

(Poema de Elizabeth Barrett Browning)
Aconteceu quando a gente não esperava.
Aconteceu sem um sino pra tocar.
Aconteceu diferente das histórias
que os romances e a memória
têm costume de contar.
Aconteceu sem que o chão tivesse estrelas.
Aconteceu sem um raio de luar;
O nosso amor foi chegando de mansinho,
se espalhou devagarzinho...
Foi ficando até ficar.
Aconteceu sem que o mundo agradecesse,
sem que rosas florescessem,
sem um canto de louvor.
Aconteceu sem que houvesse nenhum drama.
Só o tempo fez a cama,
como em todo grande amor...

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Na minha vida tudo acontece, mas, quanto mais a gente rala, mais a gente cresce. Hoje eu estou feliz, porque eu sonhei com você. E amanhã posso chorar, por não poder te ver mais. O seu sorriso vale mais que um diamante, se você vier comigo, ai nós vamos adiante. Com a cabeça erguida e mantendo a fé em Deus, o seu dia mais feliz vai ser o mesmo que o meu! A vida me ensinou a nunca desistir; Nem ganhar, nem perder, mas procurar evoluir. Podem me tirar tudo que tenho, só não podem me tirar as coisas boas que eu já fiz pra quem eu amo. Força pra lutar, fé para vencer. Na mão de Deus, tudo pode acontecer!
Alguém consegue descrever a tristeza?
Toda palavra, por mais que tenha o pior sentido,
parece pouco demais! [...] ;~
Sabe aquele famoso ditado: “Em um relacionamento, ambos nunca amam igual.”? Pois bem, precisei passar por isso para acreditar que era verdade. E não que eu não queira isso, eu apenas achava que duas pessoas poderiam está num mesmo momento. Mas isso é tão raro de se acontecer. Tão quase impossível. Pra ser sincera, acho até que demorou demais pra mim. Nunca fui de me importar com coisas do coração, nunca quis “saber demais” de ninguém. Vai ver foi isso né?! No final das contas, tudo que vai, volta! Não pense que é fácil, às vezes, ter a certeza de que só você ama por dois. Mas eu sei que o meu amor é maior do que todas as frases e ditados que existem.. Alguma vez isso teria que acontecer pra mim, e eu acho que foi agora ;x

(eu)

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Uma nuvem não sabe por que  se move em tal direção e em tal velocidade. Sente apenas um impulso que a conduz  para esta ou aquela direçãoMas, o céu sabe os motivos e os desenhos por trás de todas as nuvens,  e você também saberá, quando se erguer o suficiente para ver além dos horizontes...